terça-feira, junho 23, 2009

Entrevista com o prefeito de Palma


O prefeito Beto e o vice Zé do Binuca

Carlos Roberto Alvim de Paula, mais conhecido por Beto foi eleito prefeito de Palma em outubro de 2008 com 2290 votos. Assumiu a prefeitura em janeiro tendo a frente enormes desafios e, nesta entrevista que concedeu ao blog fala do trabalho que vem realizando e os projetos para o futuro.

1-Prefeito com seis meses de governo qual a sua avaliação sobre a situação de Palma?
A avaliação que faço sobre a situação de Palma nestes últimos seis meses de trabalho é a seguinte: Palma é uma cidade pequena,mas com dificuldades talvez maiores que de uma cidade de porte maior, tendo uma arrecadação pequena e com muito trabalho a ser feito em todos os setores como saúde, educação, social, agricultura, construção de estradas e pontes, cultura, esporte e turismo, mas com a ajuda de Deus e de todos que confiam em mim, aqui vim para implantar uma política nova para o nosso povo.

2-As necessidades são grandes mas todos sabemos que antes e com esta crise a verba dos municípios é curta, é possível administrar com poucos recursos?
Como disse, as necessidades são muitas em todos os setores e diante desta crise que assola os municípios, temos que ter muita cautela procurando aplicar o dinheiro público, buscando recursos extra-orçamentários(convênios)para melhor atender aos anseios de nosso povo.

3-Palma já teve grandes líderes no passado. Em qual deles se inspirou para entrar na política?
Não foi inspiração, aceitei este desafio procurando me espelhar em um ex-prefeito e saudoso amigo Mário Celso Freitas Pinto que faleceu faltando 16 meses para terminar o seu mandato,não permitindo assim que concluísse todos os seus sonhos e projetos para nossa cidade.



4-Na campanha para prefeito qual foi o momento mais difícil?


Todos os momentos são muito difíceis em uma campanha eleitoral, mas ao assumir este compromisso,coloquei Deus à minha frente para que me mostrasse os caminhos corretos,e procurei respeitar a todos os adversários e principalmente a cada eleitor,e com isto chegamos onde estamos.



5-Em sua administração qual área terá prioridade: saúde ou educação?
A prioridade em que hoje estamos focados para atender as nossas comunidades é a área da saúde, porque se tivermos um bom tratamento neste setor,principalmente para os mais carentes,com certeza teremos também uma boa educação.


6-O governo do estado tem ajudado Palma?
Deus está me proporcionando conhecimentos e amizades muito importantes para a nossa cidade,colocando em nossos caminhos o Secretário de Governo de Minas Gerais Dr. Danilo de Castro, homem que já o admirava e hoje o admiro muito mais, pela pessoa amiga, sincera, positiva e que muito tem feito pela nossa cidade e continuará fazendo. Disto tenho certeza, porque acompanho e vejo o seu carinho e respeito pelo povo da Zona da Mata Mineira. Assim como também,desde os primeiros contatos que tive com o seu filho Dr. Rodrigo de Castro - deputado federal mais votado no estado de Minas Gerais -pude perceber também o seu carinho e interesse em nos ajudar.
Também temos o nosso deputado estadual e amigo Lafayette de Andrada, que durante a campanha eleitoral demonstrou um carinho e um grande interesse em ajudar o nosso povo.
E assim segue a vida:"De uma boa árvore só se colhem bons frutos."


7-E no seu mandato quais são as obras que serão tocadas?
Com o brilhante trabalho de nosso governador Aécio Neves,e com a ajuda do Secretário de Governo Dr. Danilo de Castro,do Deputado Federal Dr. Rodrigo de Castro e do Deputado Estadual Lafayette de Andrada,já nos próximos meses estaremos iniciando obras na área da saúde,como construção da Farmácia de Minas,UBS na comunidade Parque das Palmeiras,pontes nos distritos e zonas rurais,educação,transporte escolar e ,em breve, projeto de casas populares.

8-Qual a mensagem do prefeito de Palma para todos os palmenses espalhados pelo mundo? Mando uma mensagem de carinho e muito respeito a todos os palmenses, hoje morando em várias cidades do Brasil e exterior.Aqui estaremos sempre para recebê-los porque como diz o verdadeiro ditado mineiro:"O bom filho à sua casa retorna!"Um grande abraço a todos e que Deus esteja sempre presente em suas vidas!

Desejamos ao Beto muito sucesso nesta empreitada e agradecemos a atenção dispensada em conceder esta entrevista ao blog.

Agradeço a Daniel Hungria a colaboração para a realização desta entrevista.

2 comentários:

José Antônio disse...

O principal a ser restaurado em nosso município são as estradas. Sem elas a educação não chega, a saúde não vai e a segurança não passa.
Boa sorte e sucesso ao novo prefeito porque, estive lá no meu querido "Tapirussu" e a coisa tava feia.

Carlos Alberto Fernandes Ferreira disse...

Muito oportuna a entrevista do Prefeito de Palma que pouco disse e nada acrescentou:
Na condição de oriundo da região traço aqui algumas considerações:
Na minha modesta opinião o ultimo grande administrador que o município teve foi Luiz Teixeira (Luiz Gonzaga Teixeira de Barros). Isso, no primeiro mandato dele, nos anos sessenta. Já no segundo mandato, na década de 70, ele não repetiu a boa atuação do primeiro mandato. Aqui em Juiz de Fora afirmam que o último grande administrador foi Mello Reis (Francisco Antonio de Mello Reis). De lá para cá, muita falácia e poucas ações. Até nas páginas policiais a cidade se destacou. Voltando ao caso de Palma, com Luiz Teixeira as estradas foram melhoradas, pontes e bueiros são heranças do governo. Hoje, as estradas estão abandonadas. Na administração passada acompanhei o serviço de recuperação das estradas sendo executado por máquinas alugadas em Ervália. No ano passado tive acesso, em Itapiruçu, na barbearia do Roque, a um panfleto de um candidato a prefeito e que prometia casas populares nos distritos (Itapiruçu e Cisneiros), citando a prefeitura de Pádua como exemplo, fornecimento de cabras no sistema de agricultura familiar e algumas outras. O candidato não venceu a eleição. Nossa região (Zona da Mata) é uma das mais pobres do estado. Falo com a prerrogativa de conhecer o estado inteiro. Só vi situação pior na região do Jequitinhonha. Aqui na nossa região, precisamente em Palma, Recreio e Pirapetinga o progresso não chega. Itapiruçu e Cisneiros divididos pelo Rio Pomba eram para formar hoje uma média cidade ou dois pequenos municipios. Se estivessem localizados em São Paulo, não tenho dúvidas de que haveria progresso. Estão em Minas, longe da capital, com influência do Rio de Janeiro, que pouco ou nada acrescenta para o desenvolvimento. No caso de Recreio, o asfaltamento da MG 454 (Recreio/Volta Grande) é de suma importãncia, mas não sai do papel. No período que antecedeu a eleição municipal de 2008, Conceição da Boa Vista recebeu calçamento em uma ladeira. A eleição passou e a obra não andou. O asfaltamento da estrada Recreio/Pirapetinga é outra necessidade. Foi uma das bandeiras de campanha do atual prefeito de Pirapetinga. No caso de Itapiruçu e Cisneiros, é importante uma manifestação do prefeito, dos vereadores, das autoridades constituidas junto ao governo do estado para asfaltar a ligação dos dois distritos com a sede do município. Hoje usaria o antigo traçado da Ferrovia. O governo do estado muito fala sobre o programa PRO-ACESSO. Mesmo Palma tendo ligação asfáltica com Laranjal e Miracema, penso que vale cobrar uma posição dos Deputados Bráulio Braz, Leonardo Moreira e Sebastião Helvécio, que sempre buscam votos na região. Mesmo sendo o asfalto função do estado, os deputados federais devem ser lembrados e cobrados. Há uma expectativa de progresso, empregos, mesmos que temporários, com a contrução de mais uma geradora de energia no Rio Pomba, nas proximidades da Fazenda Celidônia, Caixa D'agua. Sou do tempo que o primeiro "conforto" era a água encanada. Inicialmente usando o bambu gigante, depois o cano de ferro e finalmente o cano de plástico/borracha. Em seguida (nem tanto em seguida assim) veio a energia elétrica/antena parabólica/geladeira, posteriormente, o telefone celular, com o uso da antena. Esperamos agora, o tão sonhado asfalto. Para isso, precisamos de administradores que visam o futuro, as novas gerações e não, as próximas eleições.

Atenciosamente,
Um filho da terra, que mesmo correndo mundo, não perde o contato e não esquece as raízes.

Carlos Alberto Fernandes Ferreira
Radialista e Técnico em Contabilidade
Juiz de Fora-MG
E-mail: carlosferreirajf@gmail.com
Skype: carlosferreirajf@gmail.com
www.carlosferreirajf.blogspot.com
www.radiomineira.com.br