terça-feira, novembro 08, 2011

Patápio Silva 

Este grande músico brasileiro morou durante o ano de 1899 em Palma, conforme tese do acadêmico Maurício de Lima Oliveira:

Patápio se tornava especialmente atraente para as bandas da região porque,
além de instrumentista, também compunha dobrados, marchas, polcas e valsas – e para que
uma banda ganhasse prestígio era importante dispor de repertório próprio. O inquieto
jovem não permanecia muito tempo em uma mesma localidade, no entanto. Entre 1897 e
1899, integrou bandas de várias cidades: São Fidélis (RJ), Santo Antônio de Pádua (RJ),
Miracema (RJ), Palma (MG) e Campos (RJ).


Em Palma, morou durante alguns meses depois de tocar nos festejos da
Semana Santa de 1898. De acordo com a já citada carta de Rogério Teixeira de Miranda,
Patápio foi convidado a participar da festa pelo mestre dos tempos de adolescência, João
Batista de Assis. Chamou a atenção do público ao executar partituras sacras do padre José
Maurício Nunes Garcia. No ano seguinte, viveu por algum tempo em Campos, onde
integrou a Lira Guarani, inicialmente como músico e depois como regente.

Fonte: PATÁPIO SILVA, O SOPRO DA ARTE - Trajetória de um flautista mulato no início do século XX - Autor: Maurício de Lima Oliveira - Universidade Federal de Santa Catarina - Agosto de 2007

Nenhum comentário: