terça-feira, outubro 02, 2007

Os Mauro e o automóvel

Segundo o livro “Humberto Mauro, Cataguases, Cinearte” de P.E. Salles Gomes (*), o pai de Humberto Mauro, Caetano Mauro trabalhou como engenheiro residente da Estrada de Ferro Leopoldina em Palma, por volta de 1910.

Neste mesmo livro à página 26 é relatado o primeiro acidente de automóvel que ocorreu em Cataguases, no ano de 1912 e causou enorme polêmica nos municípios de Cataguases e Leopoldina, como inflamados artigos nos jornais "O Cataguazes" e "A Gazeta de Leopoldina".

O automóvel da Companhia Força-Luz Cataguazes Leopoldina com cinco ocupantes:

1-Gabriel Ribeiro Junqueira, engenheiro a Força-Luz Cataguazes-Leopoldina
2-José Villas Boçadas, proprietário do hotel Vilas
3-Humberto Mauro (futuro cineasta)
4-Álvaro Costa Reis (no livro como desconhecido. Filho senador Dr. Bernardo Cysneiro da Costa Reis e morava em Providência).
5-Vitalino, o “chauffert”

Eles se dirigiam à Usina Maurício quando ocorreu o atropelamento.

Os ocupantes alegaram que a vítima, Gabriela Maria de Jesus havia morrido pelo susto de ver o automóvel, versão esta desmentida depois pelo exame de corpo de delito.

(*) Editora Perspectiva – São Paulo – 1974.

Nenhum comentário: