quarta-feira, dezembro 19, 2007

Canção do Ginásio Princesa Isabel
Henrique Barandier dos Santos

Esta terra ostentando primores
É Cisneiros, meu rincão altaneiro,
Berço terno de sonho e de amores,
Jóia engastada no solo mineiro.
Despontando qual um sol radioso,
O Ginásio Princesa Izabel,
Tu ufanas gentil e vaidoso
Com as graças que te emanam do céu.

Nos cultos, a Pátria confia,
Quem sabe, conduz alegria,

Estribilho
O saber é luz que irradia,
Nas trevas, é farol a brilhar...
Estudantes com galhardia,
Vigorosos com ufania,
Marchemos p’ra gloria que um dia
Devemos com o saber conquistar

Cisneirenses, uníssonos cantemos,
Este hino de etérea alegria,
Para o novo porvir despertemos
Cantaremos mil hosanas um dia,
Mocidade, orgulhosos venceremos,
Ginasianos...avante a lutar,
Bons exemplos nos livros aprendemos,
É cumprir com o dever o estudar.

Avante... brava mocidade...
Tenham por lema a lealdade,

Estribilho
É dever de brasilidade
A pátria se amar com fervor...
Sensato e sem vaidade,
Juramos com fidelidade
Ao BRASIL nosso ardente amor.

No Ginásio Princesa Izabel,
Os estudantes tem alma varonil,
Com a crença funda que lhes vem do céu,
Estudam pela grandeza do Brasil.
Fitando no alto o Cruzeiro do Sul,
Símbolo vivo de nossa redenção,
Irradiando no céu, puro azul,
Qual diadema de ingente nação.

Nosso brado de esperança .
A nossa terra de bonança ,
Tenhamos sempre na lembrança

Estribilho
Que é o país em que nascemos .
Com denodo e com pujança,
Sem ódio e sem vingança ,
Em paz e com perseverança
Pela Pátria estudaremos.

Nenhum comentário: