quinta-feira, setembro 14, 2006

Conversar sobre política

Quando morei em Cisneiros, estudei em Palma. E era um prazer enorme conversar com as pessoas sobre política. O povo palmense é bastante politizado e, acredito que ainda o é.

O Luiz Fernando, chefe dos Correios, embora na época não tivéssemos as mesmas idéias, era uma pessoa bastante agradável para conversar sobre os mais diversos assuntos.

O Zelito, sempre pela rua Dr. Victor Ferreira, fazendo política o ano inteiro.

O Boroto, naquela época trabalhava no bar do Tonico e tomando um "Mineirinho" debatíamos sobre a política municipal e nacional e, sempre ele contava as suas inúmeras piadas políticas.

E sem contar o Niecio, a sua casa ficava perto da escola. E quando a aula acabava um pouco mais cedo, passávamos lá e o assunto era sempre o PT e ainda um sonho, Lula ser presidente.

Outro que acreditava muito na força da política, José Eduardo dos Santos, vereador, que fez um excelente trabalho na Câmara Municipal. Escrevi um artigo sobre ele no jornal "O Manifesto".

Acredito que esta tradição política vem de anos, ainda do início, quando Firmo de Araújo comandava o município. Apesar de sua tenacidade e autoridade, o debate das idéias sempre teve campo em Palma. E nesta época existiu jornais e muitos escreviam nos da região. Mas aquela "rodinha" de dois ou três, confabulando, contando as novidades ainda existe e vai existir por muito tempo e, é o que garante a continuidade desta tradição e preservação da democracia.

Nenhum comentário: