domingo, agosto 06, 2006

A filha de Firmo de Araújo

Uma das filhas de Firmo de Araújo, Arinda, apaixonou-se por um ourives de nome Benjamin Reis. Embora sabendo que o namoro dos dois não agradava ao coronel, foi até ele e a pediu em casamento. Firmo negou e falou para Benjamin ir embora de sua fazenda.
Dias depois, Arinda contou ao pai toda a verdade de seu relacionamento com Benjamin. Firmo mandou um recado a este pedindo que viesse à sua fazenda que não se oporia mais ao casamento. Ao chegar na fazenda foi agarrado pelos capangas que o caparam e depois introduziram um ferro em brasa, no lugar de onde haviam arrancado os órgãos genitais. Benjamin morreu e depois de publicado este fato na "Gazeta de Notícias", houve muita discussão à respeito da veracidade dos laudos médicos, conforme pode ser conferido em outros posts deste blog.
Dizem que o coronel mandou prender Arinda em uma casinha na fazenda Fortaleza e todos os dias, a comida era colocada por uma fresta. Ninguém discutia, pois tinham medo da crueldade do coronel. Após ele ser assassinado, Arinda foi libertada e dizem que seus cabelos já quase batiam nos pés, as unhas enormes e sujas. A primeira coisa que pediu foi dinheiro para comprar foguetes para comemorar a morte do pai.

2 comentários:

Sidney Eduardo disse...

Que ficção supera isso?

Anônimo disse...

ashuhuasu