quinta-feira, julho 13, 2006

Dona Porcênia Ragone Leite

Dona Porcênia é lembrada também, por ter sido exímia pianista e sempre tocava nos bailes. Muito católica. E considerada a moça mais bonita da região, naquela época. E adorava ter os netos e sobrinhos por perto. Obrigada a casar-se com o major Firmo Ferreira Leite e o fez por medo, mas que este foi um ótimo marido.

E mesmo tendo ficado viúva, com marido assassinado, filhos pequeno, grávida de três meses e ainda com a maioria de suas terras vendidas e ingênua nestes assuntos, deu a volta por cima, construindo uma linda família e um bela história de vida.

Escrito conforme informações de Érica Fagundes

Nenhum comentário: