sábado, julho 29, 2006

Marcos Petrillo

Palmense, muito conhecido no meio do rock nacional. Nos anos 80 fundou e dirigiu a revista Bizzu, publicada em Juiz de Fora. De 1983 a 1993 organizou o “Festival de Rock de Juiz de Fora” com a participação de: Raul Seixas, Erasmo Carlos, Barão Vermelho, Lobão, Legião Urbana, Ultraje à Rigor, Leo Jaime, Cazuza, Camisa de Vênus, Inimigos do Rei, Ratos do Porão, entre outros.
Entre 1983 e 1984 trabalhou com Maria Jucá na produção Alkimia responsável pela produção do Circo Voador carioca. Realizou o “1ª Feira Pop de Aracruz do Coqueiral”, no interior do Espírito Santo e contou com nomes de: Herva Doce, Paralamas do Sucesso, A Cor do Som, Robertinho do Recife e Sangue da Cidade.
Em outubro de 1990 fundou o tablóide “Internacional Magazine” com notícias do mundo do rock.
Em 1997 a editora Gryphus publicou um livro com as melhores entrevistas realizadas por Marcelo Fróes e Marcos Petrillo, com grandes nomes da música nacional e também internacional e publicadas na “Internacional Magazine”. Organizou também o Green Rock, realizado em Palma, nos últimos dias de agosto de 2002.

Nenhum comentário: