terça-feira, julho 18, 2006

A fuga da família de João Justo

Após o assassinato do coronel Firmo de Araújo houve perseguição a seus parentes e João Rodrigues Soares Justo já viúvo estava de casamento marcado com Amélia.
Diante do fato fugiram para Juiz de Fora e conta Dona Turca sua neta que na viagem a família parou em um restaurante para almoçar. Como não tinham este hábito, comeram pouco para a conta não ser alta.
O garçom percebendo que eles não estavam acostumados em viajar e deviam ainda estarem famintos, avisou: "se comerem ou não a conta vai ser a mesma". E não sobrou nada na mesa.

Nenhum comentário: