sábado, julho 29, 2006

A fazenda Boa Fortuna e os Vieira

Propriedade de Francisco de Paula Vieira e Silva, mais conhecido por Chico Vieira e casado com Emília. Seus filhos: Henriqueta (casada com Adelino Paula Carvalho), Emília (casada com Onofre Izalino Pereira de Mendonça), Mariana(casada com Joaquim Custódio Machado), Maria, Vigilato e João Vieira. Exerceu o cargo de juiz de paz em Cisneiros por muito tempo.
Onofre Izalino já era fazendeiro rico quando certa vez esteve em Palma resolvendo alguns negócios e ao concluí-los foi para a estação, pegar o trem para Cisneiros. Cansado de tanto trabalhar, sentou-se encostado na parede da estação. Embora tendo muitas fazendas e dinheiro, era uma pessoa que não se importava com a aparência, usando roupas velhas e rasgadas. E sentado, adormeceu. Acordou ouvindo o barulho de moedas caindo dentro de seu chapéu que estava do seu lado. Ergueu a cabeça e viu um viajante muito bem vestido e perguntou o que era aquilo. O viajante respondeu que as moedas eram uma esmola ao que Onofre riu e respondeu não precisar pois tinha muitas fazendas em Cisneiros. O viajante virou as costa e foi embora rindo.
Todas estas informações me foram contadas pela Vó Turca, bisneta de Chico Vieira e filha de Francisco de Paula Carvalho, muito conhecido por Chico Henriqueta, apelido do qual odiava. Lembro-me vagamente do Vovô Chico quando esteve visitando minha avó e meu pai poucos anos antes de falecer no Rio de Janeiro, para onde havia se mudado, após ter ficado viúvo. Embora tenha herdado muitas propriedades não deixou absolutamente nada aos descendentes, gastando tudo em vida. E nos últimos anos de vida, vivia de maneira simples, mas sempre elegante, vestido de paletó e gravata. E usava anéis nos dedos. Sempre vinha passar uns dias em Cisneiros e numa delas contou para seu genro Ricardo Augusto Machado estar namorando uma crente muito rica no Rio e que em breve se casaria. Faleceu meses depois, sem ter se casado novamente.

Nenhum comentário: