segunda-feira, julho 10, 2006

Falência de João Justo

João Justo construiu o prédio que até hoje é denominado de chalé e fica na rua Niterói (ver em outros posts) e em 1898 devido a crise econômica que passava o país, entrou em falência. Abaixo transcrevo documentos encontrados no cartório de Cisneiros:

Subdelegacia do Districto de Cysneiro
Auto de apprehensão
Manoel José Vieira Pires – Requerente
Ilmo. Snr. Subdelegado de Policia
A Como requer. O escrivão proceda a intimação do indiciado para repor no lugar os objectos sob penna da lei.
Cysneiro, 11 de outubro de 98
Soares Nunes
O abaixo assignado depositario e syndico da massa fallida de João Rodrigues Soares Justo, tendo cedido á Augusto d’Oliveira a casa de negocio pertencente á mesma massa sem que o mesmo tivesse o prazer de allugueis, somente com a condição de zelar pelo predio, acontece que , devido ao máo comportamento do mesmo, o Suppte mandou-o desoccupar a casa, o que fez hoje; porem, fazendo mudança carregou com diversos objectos da massa como seja: uma porta do interior do negocio, uma cama de ferro, tamboretes e outros objectos que o suppte não pode precisar de prompto. Como o Suppdo com este procedimto tenha praticado um crime carecedor de justa punição; vem, por isso requerer que V.Sª se digne mandar aprehender taes objectos e fazel-os conduzir ao lugar de donde sahiram procedendo-se criminalmte contra o indicado na forma da lei.
Cysneiro, 11 de Outubro de 1898
Manoel J.Vieira Pires
O suppte offereceu como teste. João Rodrigues dos Santos e sua família.
Certidão.
Certifico que do despacho recto intimei Augusto d’Oliveira, o qual ficou sciente do conteudo da presente petição que lhe foi lida por mim; entregando o intimado duas bandeiras de porta e uma cama de ferro, objectos estes que foram repostos na mencionada casa; dizendo o intimado nada mais ter trazido que se julgue pertecer ao peticionario. Para constar faço e assigno a presente. Cysneiro, 11 de Outubro de 1898. O Escrivão internio, Antonio Fontes Junior.
Ilmo. Snr. Subdelegado de Policia
Como requer, pagar as custas.
Cysneiro, 12-10-98
Sousa Nunes
Diz o abaixo assignado que tudo requerido a V.Sª apprehensão de objectos pertencentes á massa falida de João Rodrigues Soares Justo, de que é syndico, e tendo o denunciado, Augusto d’Oliveira, posto no lugar, d’onde tirou, esses objectos, e querendo o Suppte desistir da pena que ao mesmo cabia; vem por isso requerer de V.Sª desistencia do respectivo processo ficando o mesmo sem effeito e em perpetuo silencio.
P. Deferimento j
Este aos Autos e
R. Justiça
Cysneiro, 12 de Outubro de 1898
Manoel J. Vieira Pires

Nenhum comentário: